A Realidade Bíblica do Inferno


É comum ouvirmos expressões como estas: “O inferno é aqui mesmo”. “Deus é muito bom, não faria um lugar tão terrível para mandar o homem”. “O inferno é a sepultura”. “Esta vida aqui já é um inferno”. – Será o inferno uma realidade? O que fazemos para tirar esta dúvida enganosa?

É Satanás quem coloca este tipo de dúvida na mente das pessoas. Estejamos certos. O inferno existe. O inferno é realidade. Ninguém duvide, pois a Bíblia nos afirma. No Novo Testamento existem 260 capítulos e é mencionado 234 vezes um castigo eterno para os ímpios.

Opiniões erradas a respeito do Inferno. Muitas pessoas negam a existência do Inferno considerando-o um mito inventado pelos contadores de história da Grécia antiga. Estes são aqueles que não distinguem perfeitamente a ficção da realidade. Outros afirmam que o Inferno é uma invenção da Igreja Medieval para impedir as pessoas de se rebelarem contra o poder eclesiástico. Estes são aqueles que culpam a igreja pelo medo que as pessoas têm do castigo eterno. Há ainda os que pensam que o Inferno é aqui na terra. São os mesmos que acreditam que “o que aqui se faz aqui se paga”. Todavia, nenhuma dessas pessoas tem autoridade para afirmar ou negar a existência do Inferno.

"Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe aos desejos. ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. quando ele profere a mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira". (Jo 8.44)

Nessa passagem Jesus olha para os mais religiosos da época (aqueles que guardavam o Sábado, não comiam carne de porco, não comiam sem se lavar, guardavam as tradições...) e diz: "Vocês são filhos do diabo", mas como pode ser isso? Deus olha os corações e condena todo formalismo e legalismo. Aqueles homens conheciam a letra (sem a revelação), mas não conheciam o Deus do céu. Os tais que Jesus se dirigia eram homens fraudulentos, pois torcia a palavra de Deus para obter benefícios próprios e satisfazer-lhes o ego. Ainda hoje existem esses tais homens fraudulentos, e até líderes desse tipo.

Desses dois tipos de pessoas (aqueles que torcem a palavra para os seus benefícios e aqueles que torcem a palavra para a satisfação do seu ego) gostaria de frisar o mais perigoso - aqueles que torcem a palavra para a satisfação do seu ego. Esses tais lêem a verdade de Deus e por serem filhos do diabo não conseguem aceitá-la.

No caso do nosso estudo (a respeito de céu e inferno) eles dizem: "O céu existe, mas o inferno não, pois Deus é amor e ele jamais jogaria um pobre pecador no fogo eterno". Meu amigo leitor fuja destes tipos de religiosos, pois DEUS É AMOR, MAS DEUS TAMBÉM É JUSTIÇA.

Ainda que a realidade do inferno seja dura para todos os seres humanos, ESSA REALIDADE É VERDADEIRA. A Bíblia diz claramente a respeito do céu e do inferno.

O inferno é um lugar de:
• Extremo sofrimento (Apo. 20. 10),
• Onde é lembrado e sentido o remorso (Luc. 16. 19-31),
• Inquietação (Luc. 16. 24),
• Vergonha e desprezo (Dan. 12:2),
• Vil companhia (Apo. 21:8) e
• Desespero (Prov. 11:7, Mat. 25 41).

Jesus usou como figura para exemplificar o inferno. Gehinon – passou para o grego como geena.

Geena é a palavra correta para traduzir a palavra inferno lugar de sofrimento e castigo eterno. Na segunda carta de Pedro – II Pedro 2:4 – “…precipitando-os no inferno” – inferno aí é outra palavra de origem latina que veio para o grego = tártaro – ” lançando-os no tártaro.” TÁRTARO= lugar de punição dos mortos.Tártaro é = geena – a mesma idéia.Deus precipitou os anjos a onde? No inferno. Pergunta-se:

O que se coloca na sepultura?

- É o corpo material!
- Anjo tem corpo material? Não, espiritual. É como o texto diz: Deus precipitou no inferno! Se inferno é sepultura como se explica este versículo? Como se explica um anjo em corpo mortal, físico foi para a sepultura?
- Os ímpios serão lançados no inferno.

Jesus adverte sobre o inferno:

”... se tua mão te faz tropeçar, corta-a; pois é melhor entrares maneta na vida do que, tendo as duas mãos ires para o inferno (...) se teu pé te faz tropeçar, corta-o; é melhor entrares na vida aleijado do que, tendo os dois pés, seres lançado no inferno E se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o; é melhor entrares no reino de Deus com um só dos teus olhos do que, tendo os dois, seres lançado no inferno, para o fogo inextinguível, onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga" (Mc 9:43-48)

"Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno tanto a alma como o corpo" (Mt 10:28) Aos religiosos: “... como escapareis da condenação do inferno?" (Mt 23;33)

"Qualquer (...) que fizer tropeçar a um destes pequeninos que crêem em mim (...) ai do homem pelo qual vem o escândalo" (Mt 18:6)

"...quem chamar (seu irmão) de tolo estará sujeito ao inferno de fogo" (Mt 5:22)

"Mas se aquele servo sendo mau... castigá-lo-á,... ali haverá choro e ranger de dentes" (Mt 24:48)

"Servo malvado, perdoei-te aquela dívida toda...não devias tu, igualmente, compadecer-te...? E indignando-se...o entregou aos verdugos..." Assim também meu Pai celeste vos fará, se do íntimo não perdoardes cada um a seu irmão" (Mt18:32)

"Se... não perdoardes aos homens as suas ofensas, tão pouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas". (Mt 6:15)

O QUE É TORNAR A DEUS? "E O PÓ VOLTE A TERRA, COMO O ERA, E O ESPÍRITO VOLTE A DEUS, QUE O DEU". (Ec. 12:7)

Neste tópico, vamos aprender sobre a volta do espírito humano a Deus. Quero que você grave uma coisa muito séria: "Todos, tanto o que é salvo como o que não é salvo, ao morrer, torna-se a Deus". Analise esses versículos: "... Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos". (Mt. 25. 41) "... No mais profundo do abismo, lá está também". (Sl. 139:8) Quando alguém morre, essa pessoa torna a Deus, pois esse tornar a Deus envolve o recolhimento desse espírito. Quando o cristão morre, Deus envia os seus anjos e o leva para o paraíso, ou terceiro céu ou céu (Lc. 16. 22) e lá ele começa a desfrutar já do seu futuro glorioso que terá na cidade celestial.

Entender que essa pessoa que morreu e foi para o paraíso, tornou a Deus é fácil, mas e quem morre sem salvação e vai para o inferno? Entenda bem agora. Quando os anjos se rebelaram, Deus preparou o inferno para os tais: "Preparado para o diabo e seus anjos". O inferno não havia sido preparado para o homem, mas sim para o diabo e seus demônios. Acontece que o homem também se rebelou contra Deus, sendo assim, o homem acabou tendo o mesmo destino de condenação dos demônios. A Bíblia declara que a presença de Deus se encontra até mesmo no inferno (a presença de Deus no inferno é no sentido da sua justiça e juízo) sendo assim, mesmo o pecador ao morrer torna a Deus, sendo guardado no inferno (Hades) até o dia do grande julgamento. Este homem que vai para o inferno é o oposto de quem vai para o paraíso, pois ele já começa a sofrer e a experimentar o que será a eternidade no lago de fogo (que é a Segunda morte ou morte eterna). Meu querido leitor, eu desejo muito que você torne a Deus, mas no melhor lugar - o paraíso.

Lembre-se, Deus não quer que ninguém vá para o inferno, principalmente a sua principal criatura - o homem, mas se não se arrependerem a justiça de Deus os lançará no inferno e depois no lago de fogo.

O JUÍZO PRÉVIO "QUEM NELE CRÊ NÃO É JULGADO: O QUE NÃO CRÊ JÁ ESTÁ JULGADO, PORQUANTO NÃO CRÊ NO UNIGÊNITO FILHO DE DEUS". (Jo. 3. 18)

"QUEM ME REJEITA E NÃO RECEBE AS MINHAS PALAVRAS TEM QUEM O JULGUE; A PRÓPRIA PALAVRA QUE TENHO PROFERIDO, ESSA A JULGARÁ NO ÚLTIMO DIA". (Jo. 12. 48)

Geralmente, ao ministrar este estudo, as pessoas me perguntam: "Como pode Deus, sendo justiça, mandar alguém para o inferno sem antes julgá-lo.?" Creio que as pessoas que fazem esta pergunta estão perguntando para saber realmente e não para satisfazer os seus egos. A resposta é bem clara na palavra Deus, ao morrer todos já têm um juízo prévio da parte de Deus que é justiça. Guarde bem isso: "Nenhum homem será indesculpável diante de Deus".

É impossível o homem morrer sem conhecer a Deus e sem conhecer o que é certo ou errado. Ler (Rm. 1. 20).

A Bíblia declara: "O que não crê já está julgado".

A Bíblia não diz que será julgado, mas que ESTÁ JULGADO. Todo homem ao morrer sabe e sente o seu julgamento, sabe o que ele próprio merece. Deus, ao dar esse juízo prévio, de maneira nenhuma está sendo injusto, mas sim, está confirmando a sua justiça. Todos os homens tiveram uma chance de escolher a Deus e evitar o inferno. Ao negar as chances que Deus lhe deu, esse homem e auto condenou-se. Quero que você saiba que o último dia da vida será decisivo para aquele que ainda não aceitou a Cristo, pois a sua morte virá acompanhada do inferno (Hades). Sabemos que o juízo do grande trono branco virá (Ap. 20. 11 - 15) para confirmação do juízo prévio que já tinha sido aplicado. Louvemos a Deus, pois ele está assentado num alto e sublime trono (Is. 6:1).

Jesus, o Filho de Deus. Ninguém tem mais autoridade para falar do Inferno do que Jesus, o Filho de Deus. Para desespero de algumas pessoas, Jesus confirmou que o Inferno é um lugar real. Ele disse em Mateus 5.29,30: “Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti, pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que todo o teu corpo seja lançado no inferno. E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que todo o teu corpo seja lançado no inferno” (ARC). Ainda em Mateus 10.28 Jesus afirmou: “Não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei, antes, aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo” (ARC). Jesus muito ensinou sobre o inferno em outros textos, segundo Ele o inferno é um lugar de “pranto e ranger de dentes” (Mateus 13.49,50 - ARC), “preparado para o diabo e seus anjos” (Mt 25.41 – ARC), “onde o seu bicho não morre, e o fogo nunca se apaga” (Mc 9.43-48 – ARC). Leia o texto de Lc 16.19-31.

O que há no interior da terra? Fogo! Enxofre! Os vulcões trazem para fora o que existe dentro da terra Quando o vulcão St Helens entrou em erupção enviou 150.000 toneladas de gás sulfuroso (enxofre) e lavas para fora e os repórteres escreveram: "O inferno saiu do interior da terra para fora?".

A crosta da terra tem 75 quilômetros até chegar ao fogo, mas em alguns lugares, no fundo dos oceanos, a distância é menor que 1 quilômetro.

Cientistas descobriram recentemente, na escuridão das profundezas do oceano, uma rachadura onde o fogo escapa, e em torno desta rachadura vermes enormes que não existem em nenhum lugar da terra.

Cientistas descobriram recentemente que o centro da terra é mais quente que a superfície do sol com temperatura de 12.000 graus Fahrenheit.

Jesus te ama. Hoje mesmo Ele quer te dar a certeza do perdão de todos os teus pecados, não importa quão graves foram. Jesus Cristo morreu pelos nossos pecados, ficou três dias no coração da terra, ressuscitou, está vivo, tem as chaves do inferno que nunca se abrirão para receber aqueles que crêem nEle”.
Veja esta parábola de Jesus:

"Ora, havia um homem rico, e vestia-se de púrpura e de linho finíssimo, e vivia todos os dias regalada e esplendidamente. Havia também um certo mendigo, chamado Lázaro, que jazia cheio de chagas à porta daquele; e desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as chagas.” (LC 16:19-21).

Nesse versículos, nota-se que Jesus nos dois primeiros versos, pronunciou uma palavra derivada do verbo “haver”, mostrando assim que literalmente houve ou havia em algum lugar do passado esses dois homens: o rico e o mendigo Lázaro. Foram reais a existência desses dois personagens como narra o texto sagrado, pois Jesus relatou uma história verídica que, por Ele ser eterno (Sl 93.2; Rm 1.20), tem presenciado desde o começo.

II - “E aconteceu que o mendigo morreu, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; e morreu também o rico, e foi sepultado. E no inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe Abraão, e Lázaro no seu seio." (LC 16: 22,23).Nesses dois versos vemos a realidade da vida após a morte, sendo que assim como o rico, aqueles que se perdem, passarão duramente toda a eternidade em tormentos no inferno.

III - "E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e manda a Lázaro, que molhe na água a ponta do seu dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama." (LC 16:24). O inferno é um lugar real! Vemos que o rico estando no inferno clama desesperadamente por misericórdia, mas nada poderá ser feito por ele; porque a bíblia é clara que enquanto há vida, ainda há esperança e oportunidade de arrependimento. Porém quando a morte vem sobre alguém que não se arrepende, resta-lhe apenas o Juízo (Hb 9.27). Este texto revela também que mesmo o homem morrendo, quando a sua alma separa do seu corpo, indo para o paraíso ou para o inferno, ali em ambos os lugares o homem continua tendo, mesmo depois da morte, plena consciência de toda a sua situação. Isso fica evidente quando o rico em tormentos inicia um diálogo com outrem.

IV - "Disse, porém, Abraão: Filho lembra-te de que receberam os teus bens em tua vida, e Lázaro somente males; e agora este é consolado e tu atormentado. E, além disso, está posto um grande abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem tampouco os de lá passar para cá." (LC 16. 25,26). Em resposta a petição o rico no verso 24, lhe é mostrado a impossibilidade de se fazer algo por ele, até mesmo de refrescar-lhe a língua com água. Entre o Inferno e Seio de Abraão (local onde as almas dos santos ficavam antes da morte de Cristo no calvário) havia um abismo intransponível, mostrando assim a grande diferença da eternidade para o justo e o ímpio.

V - "E disse ele: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai, pois tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham também para este lugar de tormento." (LC 16. 27,28). O homem rico não foi condenado porque possuía riquezas, pois ser rico não é pecado. O que levou ele para a condenação foi porque viveu até o fim da sua vida regaladamente e esplendidamente (v.19), ou seja, depositou sua confiança nas riquezas; fez também com que o seu dinheiro e sua fama falassem mais alto em sua vida, esquecendo-se de Deus e do seu semelhante. Ele engrandeceu tanto, que não enxergava (ou não queria enxergar) a necessidade do seu próximo (v 21). Quando ele quis fazer alguma coisa pelas pessoas - neste caso, os seus irmãos, já não havia mais possibilidade alguma, porque o seu caso era irreversível, visto que quando ainda vivo tivera todas as oportunidade possíveis e desperdiçará.

VI - "Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos." (LC 16. 29). São os escritos sagrados dados por Deus aos homens para que por eles tenhamos luz (SL 119.105) para caminhar e evitar as trevas.

VII - "E disse ele: Não, pai Abraão; mas, se algum dentre os mortos fosse ter com eles, arrepender-se-iam. Porém, Abraão lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite." (LC 16. 30,31). É importante observarmos nestes últimos versículos que a única forma de se escapar da condenação do inferno, é através da fé - e está “fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." (RM 10. 17). Nem mesmo a ressurreição de alguém “dentre os mortos” faria um pecador se arrepender profundamente a ponto de fazê-lo nova criatura. Somente a Palavra de Deus tem este poder de transformar vidas e conduzi-nos a salvação eterna (Jo 5. 39).

Veja agora o que está circulando na internet sobre a realidade do inferno:
Em meados de dezembro de 1989, um grupo de geólogos russos fez um poço de 14.000 metros de profundidade na Sibéria; e eles afirmam terem ouvido lamentações que vinham do centro da terra, pedindo água e misericórdia.

Segundo este cientistas após ter perfurado vários Km. Os equipamentos começaram a funcionar descontroladamente, dando a impressão que o centro da terra e oco.

A notícia se espalhou pelo mundo. Um jornal da Finlândia publicou a matéria, com relatos dos operários e estudiosos que ouviram a fita. Um deles, o Dr. Azzacove declarou o seguinte: “Como um comunista eu não acredito em céu ou na Bíblia, mas, como um cientista eu acredito agora no inferno. Desnecessário dizer que ficamos chocados ao fazer tal descoberta. Mas nós sabemos o que nós vimos e nós sabemos o que nós ouvimos. E estamos absolutamente convencidos que nós perfuramos pelos portões do inferno!

A perfuratriz, de repente, começou a girar velozmente indicando que tínhamos chegado a um grande bolsão vazio ou uma caverna. O sensor térmico mostrou um aumento dramático da temperatura para 2,000 graus Fahrenheit.

Nós abaixamos um microfone, projetado para descobrir os sons de movimentos tectônicos abaixo da galeria. Mas em vez de movimentos de placas nós ouvimos uma voz humana, gritando de dor! No princípio pensamos que o som estava vindo do nosso próprio equipamento.

Mas quando nós fizemos ajustes nos equipamentos, nossas piores suspeitas foram confirmadas. Os gritos não eram de um único humano, eles eram gritos de milhões de humanos!"

Só pra início de conversa: se houvesse geólogos nessa história, eles saberiam que o diâmetro do nosso planeta é de bem mais de 24 km. A espessura da litosfera, a crosta terrestre, varia de 5 km sob os oceanos a 70 km sob os continentes.

Os 14 km supostamente atingidos, portanto, nada significariam diante do diâmetro da Terra.

Ao analisar as fitas gravadas com os estranhos sons os cientistas ouviram gritos horríveis. Eram vozes pedindo água e misericórdia. (Acrescento por minha conta: aparelhos de ar condicionado também seria uma boa pedida; -)

Mais "estudos" e logo eles interpretaram os sons como sendo gemidos e lamentos das almas dos ímpios, almas penadas, almas condenadas ao fogo eterno. E onde estariam essas almas penadas, condenadas, perdidas e recém-achadas?

Elementar, meu caro Watson: no inferno, é claro!

Que pedissem por misericórdia, até que seria coerente, pois misericórdia é um "sentimento doloroso causado pela miséria de outrem" (Caldas Aulete) e bem adequado ao estado em que as almas condenadas encontravam-se, mas pedir água?!

É estranho.

Água é coisa material e almas são, por definição, coisas incorpóreas e imateriais. Como as poderia sentir falta de coisa material, pedir água, sentir sede?

Tudo foi publicado por um conceituado (!) jornal finlandês de nome Ammennusatia, Ammennusastia ou Ammenusastia. Ao procurar no Google por esse famoso jornal, ele aparece apenas nas referências ao enorme buraco que teria chegado até o inferno.
* o microfone não fundiu certamente porque fora especialmente preparado para a missão, não a de descobrir o inferno, mas a de ouvir os sons dos movimentos das placas tectônicas. De qualquer forma, fica a pergunta: a que distância da "porta do inferno" o microfone teria chegado?

Numerosos sites reproduzem o texto e as afirmações parecem transformar-se em verdades não porque elas mereçam crédito, mas pelo número de repetições delas. É algo semelhante ao mote "uma mentira apresentada muitas vezes transforma-se em verdade".

Muitos dos sites que reproduzem a história são sites religiosos fundamentalistas que tomam ao pé da letra o texto da Bíblia. Alguns deles falam de demônios, do satanismo, do dia do arrebatamento da besta do Apocalipse e de coisas semelhantes.

Mas será que encontraram mesmo o inferno?

E mais: uma sonda comandada por um cientista ateu não poderia jamais encontrar o inferno. Quem sabe, talvez um cristão bem comportado tivesse melhores chances...

Já pensou uma coorte, ou muito pior, uma legião de almas danadas, danadinhas e rebeldes a atanazar a nossa vida? (Dá até pra imaginar a cena: "Sai pra lá, sua alma danada! Desafasta!

Mais alguns pontos chamam a atenção:

* Ouviam-se vozes de milhões de humanos: como distinguir entre elas as vozes que faziam os pedidos de água e os de misericórdia? (Considerando que, certamente, as almas estavam bastante irritadas, elas não falavam palavrões? Nenhum f*d*p* ou s*o*b* foi registrado?)

* Qual o idioma usado pelas almas penadas ao fazerem os pedidos? Russo? Finlandês? Inglês? Latim? Árabe? Quais os idiomas, além do russo, que o Dr. Azzacove e a sua equipe de cientistas dominavam?

E como essa história começou?

Em 1984, foi publicado na revista Scientific American um artigo falando de um poço com 12 km de profundidade cavado pelos russos na Península de Kola. (Ye. A. Kozlovsky, ‘The world‘s deepest well‘, Scientific American, vol. 251(6), December 1984, pp. 106-112.)

O artigo Mysteries of the Inner Earth menciona o poço de Kola e diz que, aos 10 km de profundidade, registrou-se a temperatura de 180°C, quando o esperado era 100°C.

Qualquer pessoa com um mínimo de informações sobre a Terra sabe qual o seu diâmetro (o da Terra :) e onde fica o seu centro. O centro do nosso planeta encontra-se a bem mais de 12 quilômetros de distância da superfície. Os tais cientistas não sabiam disso?

Ouça, mas não se impressione muito com isso não. Qualquer pessoa, com alguma habilidade no manuseio de equipamento de gravação de som, pode produzir sons bem mais aterradores. Prova disso são essas bandas de rock que aparecem por aí :))

Fonte: Vozes do inferno

Como se livrar do diabo e do inferno?
A Bíblia ensina o que devemos fazer e como agir para impedir a ação diabólica em nossa vida: Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugir á de vós (Tiago 4:7).

Existem duas condições para que o inimigo fuja de nós; então, vamos examiná-las separadamente.

Sujeitar-se a Deus - Sujeitai-vos, pois, a Deus... Não podemos cumprir a segunda condição, se esta primeira não for executada.

A palavra sujeitar-se significa colocar-se sob uma autoridade, obedecer. O Senhor Jesus, como bem sabemos, é o próprio Altíssimo, porém, quando esteve entre os homens, obedeceu a Seus pais terrenos, dando-nos o exemplo de sujeição.

E desceu com eles, e foi para Nazaré, e era-lhes sujeito. E sua mãe guardava no seu coração todas essas coisas. Lucas 2:51

Além disso, o Salvador sempre obedeceu ao Pai celeste: Eu não posso de mim mesmo fazer coisa alguma; como ouço, assim julgo, e o meu juízo é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai, que me enviou (João 5:30). Se você quer ser abençoado, é necessário submeter-se a Deus; se Ele lhe entregou uma missão, de nada adiantará você esquivar-se.

Resistir ao diabo - Esta é a segunda condição para livrar-se do inimigo. Para vencer os ataques malignos, é preciso aprender a se opor ao diabo. Jesus ofereceu resistência a Satanás durante todo tempo e nos deixou uma grande lição: Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus (Mateus 4:4). Usando a Palavra, Cristo resistiu ao diabo.

Não tente utilizar outro meio de defesa. A Bíblia é o instrumento pelo qual Deus nos faz vencer todas as ações de Satanás. E quando ouvimos uma “voz” que se vale da própria Palavra, a fim de nos convencer a que façamos algo errado? Isso aconteceu também com o Mestre no momento da tentação: Então o diabo o transportou à Cidade Santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo; porque está escrito: Aos seus anjos dará ordens a teu respeito, e tomar-te-ão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra (Mateus 4:5-6). Agora, veja o que o Salvador respondeu: Também está escrito: Não tentarás o Senhor, teu Deus (Mateus 4:7b).

O Senhor continuou utilizando a Palavra para refutar o diabo e, além disso, não perdeu tempo dialogando com ele. Meu irmão, não ceda ao príncipe das trevas com os seus argumentos! Resista-lhe valendo-se da Palavra de Deus.

Jesus afirma: Eu lhes asseguro: quem ouve a minha Palavra e Crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para vida (Jo5. 24). Você acredita que Jesus é o filho de Deus, e que os seus ensinos é a Verdade de Deus para todos os homens? Então terás que acreditar na realidade do Inferno (Marcos 9.47,48). Existem muitos textos na Bíblia que provam a realidade do Inferno. Proponho-me passo a passo Respaldado nas Escrituras Sagradas ensinar como uma pessoa pode livra-se da condenação do Inferno.

1- não cometa o mesmo erro que muitos cometem não Crer na realidade do Inferno ou que ele é aqui na terra.

2- todos podem livra-se do Inferno, desde que creia no Plano de Deus (João3. 16,17). Você acha que Deus enviaria seu único Filho para salvar o homem se o mesmo não tivesse em perigo? Mas por amor a toda raça humana ele deu Jesus Cristo para morrer a fim de nos salvar do Inferno.

3-Passo: Jesus veio ao mundo para te salvar da condenação do Inferno. Veja o que diz o Texto de (João5. 24) primeiro você precisa ouvir a Palavra de Deus, segundo tu deves crê (FÉ) no que Deus diz, fazendo isso tu receberá Vida eterna, está livre do Juízo final e passará da morte para vida, isso significa que se você seguir na seqüência, estas orientações estarás livres do Inferno e desfrutarás a Vida eterna com Deus no seu Reino de Glória.

Faça sua decisão hoje mesmo e garanta o seu futuro com o Senhor, receba hoje mesmo Jesus Cristo como Senhor e Salvador e desfrute da vida eterna com Deus.

Autor: Jânio Santos de Oliveira


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!