A Fé Que Vence o Mundo


“E se tiverdes fé, como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: planta-te no mar e ela vos obedeceria” Lucas 17:6

O verso é bem pequeno, mas comporta grandes revelações:
Não é preciso ter uma grande fé para alcançar resultados extraordinários
Amoreiras não são plantadas no mar
Crer contra as circunstâncias inclui confessar

Se amoreiras não se plantam no mar, como desejar que algo assim aconteça? Jesus ao ensinar sobre o poder da fé para seus discípulos, deixa claro que ter fé é acreditar contra as circunstâncias e não apenas isso, mas falar de modo a demonstrar certeza sobre o cumprimento do milagre. Não vejo essa lição como parte integrante de uma cartilha sobre confissão positiva, poder das palavras ou algo parecido, mas sobre “ Fé e Espírito”.

“ E temos portanto, o mesmo espírito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei. Nós cremos; por isso, também falamos” I Cor 4:13

Vivemos em um mundo turbulento onde diariamente somos conduzidos a uma atmosfera de desânimo e tristeza por conta das más notícias, doenças, enfim toda sorte de problemas. Temos portanto, a escolha de vivermos felizes ou infelizes. E você pergunta: escolha? Não tenho escolha, minha vida é um caos, ninguém me compreende, é muito fácil querer que tudo seja diferente se não está na minha pele, e etc e etc. Esse é o pensamento que verdadeiramente arruína nossa fé. É olharmos para tudo e todos como se felicidade fosse apenas um conto de fadas, distante de nossa realidade.

Mas, a Palavra de Deus diz: “ fale para a amoreira ir para o mar e ela ira”! Olhamos para o mundo e ele nos diz: “ As amoreiras estão na terra, não tem mais jeito, aqui é o lugar delas, as raízes já estão profundas, sem chances”. A Palavra mais uma vez diz: “ Creia, eu posso mudar, fale isso para você mesmo, para os outros, confesse que Deus é maior que toda circunstância e a amoreira vai ser desaraigada da terra para o mar”. Que utilidade teria uma amoreira no mar? As águas a levariam, os frutos de sua fé lhes serão bem mais úteis que as amoras.

“E há de ser que, ouvindo tú um ruído de andadura pelas copas das amoreiras, então saí à peleja; porque Deus haverá saído diante de ti, para te dar vitória contra os inimigos” I Cr. 14:15.

Davi recebeu vitória contra o exército dos filisteus, quando partiu de entre “as copas das amoreiras”, e Deus com ele.

Se nesse dia ou momento nós estamos a passear “por entre as copas das amoreiras”: inimigos que minguam nossa paz, forças destruidoras, adversidades. Deixemos as copas das amoreiras, falemos para elas irem para o mar. Firmemos a Palavra de Deus em nosso coração. Que ela seja nosso viver. Que nossa boca fale daquilo que o coração está cheio, para que Deus saia a peleja por nós. Deus tem compromisso com sua Palavra. Ele disse a Jeremias, e também através da metáfora de uma árvore, chamada amendoeira: “Eu velo por minha Palavra para cumprir” Jr 1:12.

Davi falou ao Gigante Golias: “Tu vens a mim com espada e com lança, e com escudo, eu vou a ti em Nome do Senhor Deus dos exércitos” I Sm 17:45. Jesus olhou para Lázaro na sepultura já a quatro dias e disse: Lázaro, sai para fora! E ele saiu!” Jo 11. Essas "amoreiras" foram desarraigadas!

Posso dizer que por muitos anos, andei por “entre as copas das amoreiras”: doente, triste, abatida, ansiosa. Mas quanto conheci a Palavra de Deus, Ele me recriou para uma viva esperança, conheci o tesouro mais precioso do universo: “Se a Tua lei não fora toda minha alegria, há muito que já teria perecido na angústia” Sl 119:92. É a Palavra de Deus que recria um novo mundo, que nos dá nova direção, alegria! Ela dessaraiga amoreiras e nos faz viver dos frutos incomparáveis da fé.

Em Cristo que tudo transforma!

|  Autor: Wilma Rejane  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!