Muitas vezes nos perguntamos o porquê do estudo bíblico, não seria o suficiente para nossas vidas as pregações e palavras ditas nos cultos? Desprezar os ensinos bíblicos é o mesmo que desprezar uma lanterna em um túnel totalmente escuro, cujo qual você precisa atravessar, em outras palavras é o mesmo que desprezar o caminho para a salvação
Qual é o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo? Até a maioria dos não-crentes sabe que a Bíblia contém o relato de quatro evangelhos, Mateus, Marcos, Lucas e João. Então, qual é a essência destes evangelhos, ou as "boas novas"? 
Jesus é maior que a religião propõe uma espiritualidade fundamentada em Jesus aquele que já fez tudo em nosso lugar para que pudéssemos desfrutar. Jesus é maior. Jesus é singular. E Jesus é o único caminho para reconciliar-se com Deus o Pai. Jesus Cristo é a Palavra de Deus encarnada. Vamos refletir sobre os textos onde Jesus diz que é maior: 1- Jesus é maior que o TEMPLO = RELIGIÃO. Tudo o que Jesus conquistou na cruz É direito nosso É nossa herança Todas as bênçãos
A Boa Nova não é apenas que Jesus morreu por nós. A Boa Nova é que Jesus morreu por nós para nos trazer a Deus. A Boa Nova não é apenas que Deus deu Seu Filho amado a nós. A Boa Nova é que Deus deu Seu Filho amado a nós para nos dar uma eternidade de visão, conhecimento, amor e louvor a Ele.
Quando estudamos as características do cristão, podemos observar os aspectos do seu caráter e de que maneira o simples fato de ser reconhecido como cristão se constitui num ministério individual estabelecido por Deus.
Como pregar a Cristo no Antigo Testamento. Em cada texto da Escritura há uma estrada para Cristo. Poderíamos providenciar muitos exemplos. O Antigo Testamento com certeza profetiza sobre a vinda de Jesus como o Messias! As profecias sobre Jesus Cristo. Textos baseados em pesquisa histórica antropológica arqueológica e filosófica
Se a pergunta é Quem somos nós para questionarmos a Deus? Então a luz da bíblia eu te pergunto: Quem é você na casa de Deus? botija de honra ou botija de desonra? Botija de alegria ou botija de tristeza? Botijas cheirosas ou fétidas?
A alegria humana depende do nosso bem-estar para se concretizar. A Alegria que Deus dá é pura, não depende do nosso bem-estar, mas do quanto nós nos rendemos ao trabalho de Deus em nossas vidas. Nós podemos ver o poder da alegria que Deus nos dá na vida de Paulo, que mesmo estando preso em Roma, é capaz de incentivar os cristãos de Filipos a buscarem esse tipo de alegria em união com Cristo.
Quando vivemos a luz da eternidade a pergunta não é mais 'quanto prazer eu tenho na vida, mas sim quanto prazer Deus tem em minha vida?' Deus está procurando Noés – pessoas dispostas a viver para o prazer do Senhor.
No Novo Testamento, os cristãos se tornam tanto tabernáculo, quanto templo do Senhor com seus corpos físicos. A arca, símbolo da presença de Deus, agora está em nós. Levamos a presença de Deus através de nós. Quando a presença de Deus é roubada, nos tornamos derrotados.

Para Paulo, quando uma igreja menospreza a graça para viver debaixo da subserviência da lei, ela corre o risco de tornar-se carnal. Porém, o que vem a ser essa carne que milita contra o Espírito?

Deus, na sua soberania, é descrito em todo contexto bíblico como um ser fiel. Esse título o condiciona como o único ‘ser’ que preenche todo o qualquer atributo qualitativo, dando-lhe total credibilidade em tudo quanto é, faz e deseja que venha a se realizar em favor dos seus servos. No primeiro ato falho do homem para com Ele, Deus se vê sem outra alternativa senão iniciar uma série de promessas e trabalhar para torná-las possíveis e realizáveis, no intuito de proporcionar a humanidade o retorno a sua comunhão. Três, entre tantas outras promessas, são destaques nas Escrituras, e revelam que Deus tem um tempo certo para cumprir suas promessas.


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!