Qual o Significado do Pentecoste


         Pentecoste, literalmente, significa "QUINQUAGÉSIMO, que era aplicado ao QUINQUAGÉSIMO dia após a festa da Páscoa. Oriqinalmente, era a "Festa da Colheita" (Ex 23.16) ou "Festa da Semanas" (Êx 34.22). Após o Exílio, veio a ser a grande festa do judaísmo, quando todos os judeus eram obrigados a se reunir em Jerusalém, afim de Cultuar a Deus (At 20.16).
         Para o cristão, Pentecoste significa o dia em que o Espírito Santo foi derramado sobre a igreja, tornando-a corpo de Cristo. Ao ser exaltado à destra de Deus, Jesus Cristo se tornou cabeça da Igreja, e essa o seu corpo. O Espírito foi dado, em ato único e irrepetível, para encher o corpo
 
"Exaltado, pois, à destra de Deus, tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vedes e ouvis" (At 2.33).
"Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito" (1 Co 12.13).

EXPOSIÇÃO

1.O EVENTO PENTECOSTE SEGUNDO JESUS

         É possível entender o Pentecoste através do ensino de Jesus Cristo.
 
"E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós" (Jo 14.16-17).

         O Espírito Santo é Deus. O termo "outro" indica "outro igual" da mesma substância, natureza e poder. O Espírito Santo é a terceira pessoa da Trindade. Jesus o chama de "Consolador", isto é, aquele que está ao lado para ajudar. É como se fosse um advogádo. Ele assumiria o lugar de Jesus, pessoalmente, habitando no crente. Ele é Deus (At 5.3.4; 1 Co 12.4.6; 2 Co 3.17; Jo 15.26).
         Antes do Pentecoste, o Espírito Santo habitava com o crente e não no crente. "Ele habita convosco" (antes do Pentecoste) "e estará em vós"(a partir do Pentecoste). A expressão "para sempre", revela a presença definitiva do Espírito Santo na vida do crente (Rm 8.9- 11; 2 Co 1.22; Ef 1.13-14).
         A glorificação de Jesus Cristo era o evento que precedia e condicionava o derramar do Espírito Santo.
 
"Convém-vos que eu vá, porque se eu hão for, o Consolador não virá para vós outros. Se porém, eu for, eu vo-lo enviarei" (Jo 16.7).
" ... Porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado"{Jo 7.39).

         A obra expiatória de Jesus Cristo resultaria na reunião, em um só corpo, de todos os filhos de Deus.
 
"E não somente pela nação, mas também para reunir em um só corpo os filhos de Deus, que andam dispersos" (Jo 11.52).
        O Pentecoste foi o batismo ou a reunião dos filhos de Deus em um só corpo:
         "Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito", Paulo fala em "um só batismo" (Ef 4.4-6), é o batismo do Espírito Santo, o mesmo para todos os que crêem em Jesus Cristo, e que acontece uma única vez (1 Co 12.13). É o batismo dos fiéis, para integrarem o corpo de Cristo.
         O Espírito Santo não habita no mundo (sociedade sem Deus), mas exclusivamente no crente, povo de propriedade exclusiva de Deus. "Porque maior é aquele que está em vós do que aquele que está no mundo." (1 Jo 4.4). "Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?" ( 1 Co. 6.19).

2. O SIGNIFICADO DO PENTECOSTE PARA IGREJA

         Martyn Lloyd-Jones ao resumir o significado do Pentecoste, diz:
 

"O grande propósito do Pentecoste era oferecer a prova final do fato de que Jesus de Nazaré é o Filho de Deus e o Salvador do mundo. Isso é declarado. A segunda coisa é a grande inauguração da Igreja como seu corpo; e a terceira é uma prova do fato de que essas várias pessoas que são acrescidas à Igreja são membros do corpo."


         Em Atos 1.8, Jesus diz:
 
"Mas recebereispoder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra." Atos 1.8
        Segundo Jesus, o Espírito capacita a Igreja para ser testemunha Dele no mundo. É o poder sobrenatural necessário para tornar a mensagem do evangelho efetiva àqueles que a ouvem. A igreja que foi comissionada pelo Cristo ressurreto (Mt 28.19-20) a pregar as Boas Novas a toda criatura, é batizada no Espírito, no Pentecoste, para com poder, executar a sua tarefa (veja João 20.21-22). 
        Esse princípio estabelecido por Jesus Cristo: 
 
O Espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita; as palavras que vos tenho dito são espírito e são vida" (Jo 6.63),
        é a chave para compreendermos a importância da ação e do poder do Espírito Santo na evangelização. "Evangelismo é trazer uma mensagem sobrenatural ( a graça e o amor eletivo de Deus por pecadores perdidos e indignos) com um objetivo sobrenatural ( ressuscitá-Ios da morte espiritual para uma vida eterna de íntima comunhão pessoal com Deus). Mas esta mensagem sobrenatural com a sua meta sobrenatural só pode ser transmitida por um poder sobrenatural suficiente para sobrepujar o estado de morte do "homem natural" (1 Co. 2.14) e a perversa oposição do "mundo, da carne e do diabo", afirma Douglas Kelly.
         A igreja que tem a missão evangelizadora precisa do poder do Espírito Santo para concretizá-Ia; Pedro, João e Paulo entendem assim:
 
"Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo, e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus" (At 4.31).

"A minha palavra e a minha pregação não consistiam em linguagem persuasiva de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria humana; e, sim, no poder de Deus" (1 Co 2.4-5).

"Com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito, e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos, e também por mim; para que me seja dada, no abrir da minha boca, a palavra, para com intrepidez fazer conhecido o mistério do evangelho" (Ef 6.18-19).

         Não haverá eficácia no trabalho de evangelização realizado pela 19reja, sem o poder do Espírito Santo. E por esta razão, que o primeiro sermão pregado após o Pentecoste, pelo apóstolo Pedro produziu a conversão de aproxima­damente três mil pessoas:
 
"Então os que lhe aceitavam a palavra foram batizados; havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas" (At 2.41).
        O Espírito Santo, através da pregação bíblica compungiu o coração dos ouvintes, produzindo o arrepen­dimento.
         Douglas Kelly resume:
 

"Para que o evangelismo seja efetivo é necessário o Espírito Santo acima de tudo. Apenas a Sua unção pode embelezar o caráter daqueles que trazem a mensagem do Evangelho; somente Ele pode abrir o coração dos pecadores para serem iluminados e renovados quando Ihes testificar da absoluta verdade da palavra pregada que Ele mesmo inspirou."

CONCLUSÃO

         Após o Pentecoste, Atos 2, estabeleceu-se uma norma que vigorá até a Segunda Vinda de Jesus Cristo. Toda pessoa recebe o Espírito Santo, não como resultado de boas obras, mas "pela pregação da fé" (GI3.2, 14). Esta é chamada de "fé salvadora", produzida por Deus no momento da conversão.
 
"Respondeu-Ihes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos, e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor nosso Deus chamar" (At 2.38,39).
         Também, é imperativo divino, que todo cristão busque a plenitude ou o enchimento do Espírito santo: "Enche i­vos do Espírito". Há quatro aspectos importantes que devemser destacados nesta ordem:
        1. Ele está no modo imperativo. "Enchei­vos", não é uma opção para o cristão, mas um mandamento divino.
        2. Ele está no plural. "Enchei-vos" não é privilégio para alguns, mas uma obrigação de todos.
        3. Ele está na voz reflexiva. "Enche i-vos" significa " deixai-vos encher pelo Espírito". O cristão deve se entregar sem reservas ao Espírito Santo.
        4. Ele está no presente. "Enchei-vos", indica uma apropriação contínua que inicia e não termina jamais. Pentecoste significa vida no Espírito.

 

PONTOS PARA DISCUTIR

1. O Pentecoste pode ser repetido?
2. O que significa "Unção do Espírito Santo"? (1 Jo 2.20,27)
3. Como receber o poder do Espírito Santo para pregar? ( Lc 11.13)

 



Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!