A exemplo do estoraque as nossas orações precisam fluir de nós voluntariamente, ou seja, devemos ter prazer de orar diariamente. As nossas orações deve ser como a ônica, ela tem que ter profundidade espiritual. E sempre devemos nos apresentar diante do nosso Pai Santo como o gálbano, completamente quebrantados. Pois é somente desta maneira que as nossas orações terão um valor inigualável diante do nosso Pai celestial.
Por que Deus, aparentemente, não responde a certas orações? Você já orou sincera e fervorosamente por alguma coisa que você nunca recebeu? Quando minhas orações não são respondidas, seria uma boa idéia eu olhar no espelho e determinar se há algum problema comigo ou com o meu motivo ou com aquilo pelo que estou orando. Porque é possível que o Senhor não responde por falha minha.
O clamor citado no versículo acima é o poder da intercessão. A Bíblia nos ensina que devemos entrar no mundo espiritual com autoridade, pelo novo e vivo caminho. Esse tipo de intercessão é um grito de intensidade para que seja ouvido nas regiões celestes
Os sacrifícios realizados no Antigo Testamento simbolizavam arrependimento, confissão dos pecados, confiança e consagração a Deus. Para realizá-los, o povo sempre oferecia o que de melhor possuía, geralmente os animais mais valiosos, os primeiros frutos da colheita, aquilo que era de mais precioso para eles. O que oferecemos a Deus hoje? O Senhor não quer nossos bens, Ele quer o nosso coração, o nosso louvor e adoração.
Vigiar é não dar lugar à tentação. Não é resistir, mas fugir dela. Apesar de tudo, as tentações têm o lado bom, que é nos mostrar o quanto dependemos de Deus. Ninguém há na terra que não seja tentado e as tentações, assim como as provações, nos fazem correr para os braços do Pai.
Hissopo é uma  planta citada na Bíblia em associação a purificação. Davi roga para ser limpo com hissopo porque sabe que não pode limpar a si mesmo. Quando essa certeza de insuficiência ganha nosso coração, é porque alcançamos ou fomos alcançados pela obra do sangue de Cordeiro com hissopo. Essa oração tomo para mim, pela certeza de que nenhuma obra humana é grande o suficiente para me exaltar ao estado de santificação ou justificação diante de Deus. E se for para ser trapo, que sejamos esse, lavado por Jesus, sofrido na Pedra e aspergido no hissopo.
Ore, leia um livro, leia os salmos, inicie um plano de leitura bíblica, abandone seu plano, mude seus métodos, De todas essas dicas, a primeira é a mais importante. Você pode fazer todas as coisas certas e, ainda assim, se Deus não trabalhar poderosamente em sua vida nada vai acontecer. Não se contente com uma vida espiritual medíocre. Aprofunde-se em Deus. Ele quer conhecê-lo.
Se eu creio que a oração funciona, se eu creio que a oração é um meio pelo qual o Senhor age, se eu creio que Deus escolhe trabalhar por meio da oração de maneiras poderosas e de maneiras que ele não trabalharia sem a oração, então é egoísmo da minha parte não orar. Orar é amar; não orar é complacência, é desamor, é ser egoísta. E se falta de oração é egoísmo, então, uma das melhores maneiras que posso amar minha igreja, família, amigos, o próximo e irmãos distantes é ajoelhar-me e interceder em favor deles.
No Sermão do Monte, o Mestre faz questão de destruir qualquer vestígio de uma espiritualidade baseada na visibilidade. Muitos são os que foram infectados pelo vírus do personalismo. Gente que promove uma espiritualidade marqueteira, mercantilizada, que vende a alma no banco diabólico do lucro. A verdadeira espiritualidade subjuga o ego lavando-o sempre no sangue do Cordeiro. Quando nosso ego é destronado, a graça flui, e quando as portas perigosas do ego se fecham, as maravilhosas portas da eternidade se abrem.
O escritor aos Hebreus compara a vida cristã a uma corrida. Quando um atleta vai correr ele tem que estar em forma, usar roupas leves. Tem que haver um preparo físico para que nada atrapalhe sua caminhada. De tal forma somos nós, temos de correr para o alvo e remover todos os embaraços que aparecem no nosso caminho. Reflita hoje o que tem embaraçado a tua vida, e rompa em Nome de Jesus todos os obstáculos.
Afaste-se dessas distorções da fé bíblica! Elas são concebidas na mente do Tentador, que nos seduz a trocar fé por magia. Nenhuma quantidade de palavreado piedoso pode transformar tamanha falsidade em sã doutrina. Devemos aceitar o fato de que Deus às vezes diz não.
Algumas porções de barro, se tornam, vasos de honra, carregam tesouros. Algumas, vasos de desonra. Com destreza e paciência o oleiro molda o barro, Se, ao tomar forma de vaso, o barro, se despedaçar, O Oleiro, torna a juntar a massa e faz outro vaso, ainda melhor. Deus, anseia que entremos na olaria, no Seu Reino. Só assim o barro ganha forma.