Desde o anúncio que Bento XVI renunciará seu pontificado no dia 28 deste mês, as redes sociais têm sido invadidas por estudos escatológicos que afirmam que o próximo Papa será ninguém menos que a Besta do Apocalipse. O inegável é que não falta imaginação. Mas será que tais especulações merecem algum crédito? Teriam apoio bíblico? 
Vamos prender nossa atenção na velocidade de uma piscada, o momento em que Jesus retornará em nuvens com júbilo e grande clamor de trombetas. Nossos olhos o verão e nós, o que estivermos vivos, seremos transformados e subiremos com Ele. Como podemos ver, a Vinda do Filho do Homem será a qualquer hora, a qualquer momento… Numa simples 'piscada’ de tempo. Num abrir e fechar de olhos!
Já vimos que a mulher, que apareceu no céu, é Israel. Agora, a mulher se encontra em grande aflição sobre a Terra. Trata-se do tempo da Grande Tribulação, quando Israel será perseguido pelo dragão. Quando Israel saiu do Egito e o dragão egípcio o perseguiu para destruí-lo, já era um simbolismo da perseguição pelo dragão vermelho durante a Grande Tribulação.
O crente frio nunca se converte e nunca se arrepende de seus pecados, nem se prostra humilde, dependente da graça e da misericórdia de Deus; o 'quente' é o cristão precioso aos olhos de Deus e Ele tem seu nome escrito na palma de Sua mão, para lhe dar descanso e honra e glória, juntamente com o Senhor Jesus na eternidade. Mas o 'morno' é aquele que cocheia entre dois pensamentos, é aquele que deseja o mundo, mas sabe que o mundo é inimizade contra Deus. Assim, porque és morno, e não és quente nem frio...
O que nós sabemos sobre a glória da transfiguração de Cristo?  Jesus era de tal forma um com o Pai que, enquanto estava orando, inconscientemente, a glória que havia estado velada dentro d`Ele foi exposta. Ele foi transfigurado, Seu rosto resplandeceu como o sol. Suas vestes se transformaram e se tornaram brancas como a luz, refulgentes.

Já que a Bíblia usa muitos termos para descrever uma variedade de atividades associadas ao julgamento de Deus durante a Tribulação, e já que 'Tribulação' e 'ira de Deus' às vezes são usadas para referir-se ao mesmo período de tempo (i.e., a Tribulação de sete anos), conclui-se que o tempo da ira de Deus acontece durante a Tribulação

O que Deus está fazendo profeticamente nos nossos dias é preparando o mundo ou 'montando o cenário' para a hora em que Ele começará Seu plano relacionado a Israel, que envolverá o cumprimento dos sinais e dos tempos.
Sabemos que não haverá mais um Dilúvio para submergir toda a terra. Isso, porém, não significa que não virá um juízo global no futuro. Haverá, sim, um último dilúvio, um terrível apocalipse de alcance mundial.
Quem entrará na formosa Jerusalém Celeste? Aquele, cujo nome encontra- se no Livro da Vida do Cordeiro. A nova Jerusalém é descrita pelo próprio Senhor, como a casa de meu Pai, onde há muitas moradas. Isto significa que há lugar para todos os que vierem a recebê-lo como o seu único e suficiente Salvador.
O Juízo final, o fim da história da humanidade é o instante em que o homem, constituído para ser o mordomo sobre a criação na Terra, terá de prestar contas para o seu Criador.
Se o Anticristo conseguir fechar a boca de todos os crentes, os anjos anunciarão o Evangelho Eterno, porque ele é indispensável. O Céu será o púlpito dos anjos e o auditório consistirá de todas as nações, tribos e línguas.
O anticristo será um dos maiores líderes da história, acima de qualquer famoso general ou governante mundial conhecido. Sua sabedoria e capacidade terão elementos sobrenaturais, pois além do poderio bélico, da alta tecnologia e do poder econômico, o governo do anticristo contará com uma inédita atuação diabólica.