Estudo Bíblico A Que Horas Estamos da Noite?


         O Arrebatamento da Igreja do Senhor Jesus Cristo é o próximo evento do plano futuro, sendo a "bendita esperança" do crente fiel o ser retirado deste mundo para o encontro com o Senhor Jesus nos ares.
         Isso não é ficção científica e muito menos imaginação fértil, é literalmente uma remoção física, sem passar pela morte.
         Quando? É iminente o seu cumprimento, ou seja, não há profecias a serem cumpridas antes do Arrebatamento, e também não há sinais que o precedam, nos quais possamos nos basear para saber da sua proximidade.
         A remoção de pessoas sem passar pela morte não é uma novidade nas Escrituras. No livro de Gênesis, num relato bem simples e objetivo, temos o arrebatamento de Enoque, antes do fim do primeiro milênio da humanidade (987 anos depois da criação).
         No período da monarquia em Israel, no reino dividido, Deus novamente dentro da sua soberania arrebata Elias num carro de fogo à vista de Eliseu, seu sucessor.  Eliseu não estava tendo uma visão, era real. Elias foi um profeta especial, com um ministério especial e foi levado à presença de Deus de um modo especial.
         Encerrando a era do Velho Testamento, temos a ascensão de Jesus, diante dos olhos de seus discípulos.   Embora as três passagens mostrem certas diferenças, foram três Arrebatamentos ocorridos.  Faltam ainda dois arrebatamentos: da Igreja e das Duas Testemunhas durante a Tribulação.
         As Escrituras dão certos detalhes do Arrebatamento da Igreja: será súbito; numa fração de tempo indivisível; e entre núvens. Jesus vem buscar o seu corpo formado, a sua noiva; será a reunião de todos os crentes da Igreja como um só corpo; Ele vai transformar os crentes da Igreja, porque carne e sangue não podem herdar o reino de Deus; será o cumprimento da promessa da redenção do corpo, e será o completar da nossa salvação.
         A Igreja será arrebatada antes que o Anticristo se manifeste (nós não estamos esperando por tal personagem), embora ele possa estar vivo por aí esperando a hora de agir.
         O Arrebatamento é um evento que precede a Segunda Vinda de Jesus para o povo  de  Israel; não há e nunca houve alguma profecia por se cumprir antes do Arrebatamento, este será iminente e sem aviso.  Aqueles que estiverem aqui quando o pacto for assinado entre o Anticristo e Israel poderão até mesmo datar a volta de Jesus.
         No capítulo 24 de Mateus, Jesus está se reportando à sua segunda vinda que ocorrerá sete anos depois do Arrebatamento. A iminência ali referida é quanto aos incrédulos que não crendo nas Escrituras e nem no testemunho das Duas Testemunhas serão pegos repentinamente pela Sua chegada. O entendimento completo das palavras de Jesus somente veio quando Paulo escreveu suas epístolas, dando informações sobre o Arrebatamento, visto que a Igreja era um mistério no Antigo Testamento.  Jesus deu apenas informações referentes ao povo de Israel, mesmo que os seus discípulos fossem fazer parte da Igreja e não de Israel no plano futuro.
         A Igreja será arrebatada, portanto, antes que o Anticristo se manifeste como tal, embora ele possa já estar vivo.  Haverá um intervalo de tempo curto entre o Arrebatamento e esta assinatura do acordo que dará efetivamente partida ao relógio profético que no momento está parado.
         Em tempo:  vamos ter cuidado com os falsos mestres e conhecer melhor a Bíblia antes de dar crédito a certos "teólogos" (que dizem que a Bíblia apenas contem a Palavra de Deus) que conclamam os crentes a se preparar para a vinda do Anticristo (e não para o Arrebatamento). Eles estãos nos exortando para nos prepararmos para muita coisa, menos para o Arrebatamento.
         O Anticristo, amado, não pode se manifestar antes do Arrebatamento da Igreja.
         Se o Arrebatamento ocorresse hoje, a tribulação de sete anos se contaria a partir de amanhã.  Após o Arrebatamento haverá um espaço de tempo para o Anticristo se manifestar e fazer suas alianças, e quando fizer o pacto com Israel terá início a contagem dos sete anos, a 70a. Semana de Daniel.
         O Anticristo pode ser qualquer pessoa em qualquer tempo que preencha as características da profecia bíblica.  O diabo sempre tem alguém pronto para esta posição.  Deus é quem dá a partida para os eventos proféticos.  O diabo precisa da permissão de Deus para introduzir o Anticristo no cenário mundial e visto que ele não é onisciente e que o Arrebatamento é IMINENTE (pode ocorrer a qualquer instante), ele sempre terá alguém para ocupar esta posição dentro do plano.
         Podemos afirmar com todas as letras que o Anticristo está vivo.  Ou seja, se o Arrebatamento é iminente e ocorrer por estes dias, em questão de pouco tempo ele  surgiria para conquistar o mundo que o aguarda ansiosamente.  Não haveria tempo para nascer alguém específico para ser formado para ocupar esse poder.  O diabo escolheria um dos líderes atuais do mundo e o investiria de poder (fazendo até fogo descer do céu!).
Perguntamos:  "a que horas estamos da noite?"  (Isaías 24.11).
         Amado, a história não é o fim do plano, o fim do plano está na Palavra de Deus, naquilo que está predito, naquilo que está por vir, nas bênçãos profetizadas de um Deus que nunca desiste dos seus e não pode negar sua aliança.
         Jesus está voltando e vai restaurar todas as coisas, e reinará e nós reinaremos juntamente com Ele.

Você fará parte desse reino?

Autor: Adail Campelo


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!