Estudo Bíblico Sobre Ano Novo O conflito entre o ter e o ser


“…nada TENDO, mas possuindo tudo.” (2 Co.6:6) e
 
“Pois nem a circuncisão é coisa alguma, nem a incircuncisão, mas o SER uma nova criatura.” (Gl. 6:15)

Sejam sempre nossos compromissos para com Deus de SER Ao invés de TER. É natural que, ao final de mais um ano, façamos um balanço em nossa vida sobre o que realizamos e o que deixamos de realizar. O mundo comercial, financeiro, industrial, governamental faz seus balanços e seus orçamentos para o ano vindouro: uns ganharam mais, outros menos; alguns perderam pouco, outros perderam muito. É a hora dos números, a hora da verdade, a hora da contabilidade, a hora da matemática do perder x ganhar.

Pergunto: Como está o balanço de sua vida perante Deus, perante sua família, perante a Igreja do Senhor, perante o seu patrão/emprego, perante seus professores, perante a sociedade? Quero lembrar-lhe que não adianta querermos ESTICAR os números na vida espiritual, querermos justificar isto ou aquilo. A contabilidade e a matemática de Deus são exatas; não falham nunca! E para o próximo ano, o esperado Ano 2011, como vai ser? Ou como Você pretende que seja? Qual sua expectativa?
 
É legítimo fazerem-se planos, projetos, programa disto e daquilo, em casa, no trabalho, nos estudos, no namoro, no casamento, nos investimento, no pagamento das dívidas, nos acertos com pessoas… Como estão os seus planos? Deus tem um lugar em seus planos? Deus ocupa lugar prioritário, secundário ou terciário nos seus planos? Ou não ocupa lugar nenhum? Sempre corremos o risco de formular nossos planos ou votos de forma equivocada: Fazer votos e compromissos para TER ou OBTER isto ou aquilo, Ao invés de assumirmos compromissos com Deus para SER isto ou aquilo.

Gostaria de destacar alguns pontos importantes:

Primeiro, há irmãos, obreiros de Igrejas que se dizem parte do Corpo de Cristo que vivem em completa inversão dos valores essenciais do Evangelho de Jesus.

O Evangelho de Jesus se caracteriza pelo AMOR entre pessoas e a Deus, e não pelo poderio econômico ou político que venha a TER. A sociedade vive uma tremenda inversão de valores. Infelizmente a Igreja de Jesus, que deveria ser o Sal da Terra e a Luz do mundo, está entrando no esquema do mundo. Vivemos a síndrome do TER Ao invés do SER. Muitos, de fora de nossa Igreja, já me perguntaram: “Pastor, sua Igreja vai TER programa de TV?”; “Pastor, o senhor está pensando em a Igreja TER ou adquirir uma emissora de Rádio? Tal Igreja tem, ou está comprando mais uma…”.

Há uma volúpia desmedida de que TER é mais importante do que SER, o que não é verdade. Nem sempre o que TEM é alguma coisa diante de Deus. E muitas vezes o que realmente É não aparenta o que TEM. A preocupação do TER desvirtua e desnatura o caráter do SER. TER pode ser algo instantâneo, rápido, repentino, herdado de alguém, testamentário. Da mesma que vem, vai também. Há muita diferença entre TER muito e SER muito.

Felicidade, por exemplo, precisa ser um ESTADO de alma, e não efêmero, ou TER momentos de felicidade.

Segundo, o apóstolo Paulo deu lições à Igreja de como ela pode e deve desvencilhar-se do TER para SER alguém diante de Deus (2 Co. 6:1 a 10). O v.3, diz que a Igreja É digna:
 
“não dando nós nenhum motivo de escândalo em coisa alguma, para que o ministério não seja censurado.”.  2 Co. 6:3

É o testemunho da Igreja, da vida de cada um dos irmãos que realmente vale, e não o que a Igreja TEM. Nos vs. 4 a 10, Paulo expôs-se como Ministro de Deus, como modelo, como exemplo:
 
“Pelo contrário, o ministério não seja censurado, e tenha motivo de admiração; em tudo, recomendando-vos a nós mesmos como ministros de Deus: na muita paciência, nas aflições, nas privações, nas angústias, nos açoites, nas prisões, nos tumultos, nos trabalhos, nas vigílias, nos jejuns, na pureza, no saber, na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, no amor não fingido, na palavra da verdade, no poder de Deus; pelas armas da justiça, quer ofensivas, quer defensivas; por honra e por desonra, por infâmia e por boa fama; como enganadores, e sendo verdadeiros; como desconhecidos, e entretanto bem conhecidos; como se estivéssemos morrendo e contudo eis que vivemos; como castigados, porém não mortos; entristecidos, mas sempre alegres; POBRES, MAS ENRIQUECENDO A MUITOS; NADA TENDO, MAS POSSUINDO TUDO.”.   2 Co. 6:4-10

Em meio a todas essas situações adversas, valia (e continua valendo!) realmente SER instrumento nas mãos de Deus!.

Na 1 carta aos Coríntios, cap. 4, versos 9 a 13, Paulo dá destaque Ao sofrimento dele por causa do Evangelho, não por escândalos, chegando a considerar-se LIXO DO MUNDO, ESCÓRIA DE TODOS para SER um instrumentos nas mãos de Deus. Leia o texto.

Terceiro, o TER não é o mais importante, mas o SER uma nova criatura (Gl. 6:15). Paulo dá destaque que TER sinais de religiosidade (a circuncisão para o judeu) não é o mais importante, mas, sim, o SER uma nova criatura. Em Gl.2:20, Paulo afirma: SER nova criatura é estar identificado com Cristo; SER nova criatura é Cristo vivendo em nós a cada dia; SER nova criatura é morrer com Cristo a cada dia.

Queridos irmãos, ovelhas deste aprisco espiritual, ore Ao Senhor para que Você SEJA, Ao invés de que Você TENHA isto ou aquilo. Veja a diferença que faz quando Você pensa desta maneira:

  • Não em TER uma casa; mas SER paciente para esperá-la até que Deus a dê;
  • Não em TER um carro novo; mas SER conformado e contente com o que tem;
  • Não em TER uma vida melhor, mas SER melhor na vida;
  • Não em TER mais compromisso com Deus, mas de SER mais comprometido com Deus.
  • O TER é circunstancial, efêmero, fugaz; o SER indica ESTADO, estabilidade, perseverança.

Faça votos diante de Deus para que Você SEJA melhor filho/a de Deus, melhor servo/a, melhor crente, melhor esposo/a, melhor pai/mãe, melhor filho/a, melhor irmão/ã, melhor empregado/a, melhor patrão/patroa, melhor chefe, melhor cidadão/ã, melhor estudante, melhor professor/a.

Faça votos para que Você SEJA mais perseverante na leitura da bíblia, na vida de comunhão com Deus, na vida de oração, no testemunho de cristão/ã.

Que Deus abençoe sua vida. Um Feliz Ano Novo para Você e sua família!
|  Autor: Pastor Ageo Silva  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |