Toda vidrada de ano vem a nossa mente - O que vamos encarar nesse próximo ano que se aproxima? Será um ano de Paz? De Saúde? Dificuldades financeiras? Mais uma resposta  vem imediatamente 'Esse ano tenho fé em Deus será melhor que o anterior.' Conhecer a Deus tem que ser o principio de todas as coisas. Não teremos um ano bom se não conhecermos quem o criou.
No final de um ano e no limiar de um novo ano você certamente também já se admirou e disse: "O quê? Já chegamos novamente ao fim do ano?" Quando isso acontece, somos lembrados de como a vida humana é passageira, como o Salmo 90.9 diz tão bem: "...acabam-se os nossos anos como um breve pensamento".
"Para conquistar um amor, coloque numa pequena vasilha algumas gotas de azeite de oliva, folhas de ciprestes e umas gotas de perfume de laranjeira. Misture tudo muito bem e guarde. Toda vez que você sair, passe um pouquinho dessa fórmula sobre as sobrancelhas e, em seguida, leia o Salmo 113, deixando-o aberto sobre a cabeceira da cama".
“Num mundo como o nosso, como pode alguém ter uma atitude de fé?” A resposta é encontrada antes de tudo em nossa posição em Jesus Cristo. Rom. 5:17 ensina que podemos “reinar em vida” agora, através de Jesus Cristo.
Permita que neste novo ano Jesus renove em seu coração aquele primeiro amor que um dia foi fervoroso, mas que os cuidados deste mundo têm feito com que este amor não passe de um mero sentimento.
É legítimo fazerem-se planos, projetos, programa disto e daquilo, em casa, no trabalho, nos estudos, no namoro, no casamento, nos investimento, no pagamento das dívidas, nos acertos com pessoas… Como estão os seus planos? Deus tem um lugar em seus planos? Deus ocupa lugar prioritário, secundário ou terciário nos seus planos? Ou não ocupa lugar nenhum?
Estamos chegando ao final de mais um ano. Nesta época muitos de nós fazem propósitos diante do Senhor de melhorarmos nossa vida cristã, através de um envolvimento mais profundo com Deus, onde prometemos nos entregar de “corpo e alma” ao seu trabalho.
...e então ele começa a trazer à memória daquele povo os episódios da sua história, amarrando o passado com o presente e preparando os ouvintes para o futuro glorioso que DEUS haveria de dar.
Estruturas velhas não comportam novidades.  Em muitas áreas de nossa vida, perdemos a grande oportunidade de crescermos, desenvolvermos, desfrutarmos novas coisas na vida, pois queremos continuar como somos, não aceitamos as mudanças.
Alguém já disse que “Um otimista fica acordado até meia-noite para ver a entrada do ano novo. Um pessimista fica acordado para ter a certeza de que o ano velho se foi.”
 "Os dias da nossa vida sobem a setenta anos ou, em havendo vigor, a oitenta; neste caso, o melhor deles é canseira e enfado, porque tudo passa rapidamente, e nós voamos" (Sl 90.10). Isso só muda se buscarmos a Deus e ao Seu amor.
Quantas vezes alguém já desejou a você um Feliz Ano Novo e, no entanto, o seu ano foi uma lástima? Quantas pessoas já foram honradas com felicitações como, tenha um ano cheio de paz, saúde e amor e ao final do ano teve na lista retrospectiva, Guerras, enfermidades e ódio?