Estudo Biblico Há Perdão em Cristo Para o Pecador Arrependido


Para um grande pecador há um grande Salvador: Jesus

Querido leitor, eu desejo compartilhar com você uma porção da Palavra de Deus extraída da carta do apóstolo Paulo aos crentes em Roma, capítulo 3 e versículo 23, que diz: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”.

É comum distinguirmos os amigos e aquelas pessoas que se aproximam de nós pela sua classe social, por sua indumentária, pelo anel que usa no dedo, pela casa onde mora ou pelo carro com o qual trafega. Enfim, temos por hábito distinguir as pessoas de acordo com a sua aparência e classe social. Mas, ao examinarmos a Palavra de Deus, observamos que o Senhor Jesus nivelou toda a humanidade de igual modo. Dessa forma, para Ele, não existem pecadores “grandes” ou “pequenos”. Para Jesus, pecado é pecado e pecador é pecador.

O ministério de Cristo foi voltado integralmente para os pecadores. Certa feita, Jesus foi criticado porque se alimentava com pecadores e retrucou os seus acusadores: “Os sãos não necessitam de médico, mas sim os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores” (Mc 2.17). Todo o pecador tem a oportunidade de reatar a sua comunhão com Deus. Jesus foi enviado pelo Pai a fim de atuar como intermediário entre os homens e o Criador e trabalhar em nossa reconciliação. Logo, amigo leitor, essa oportunidade também é sua.

Eu já ouvi algumas pessoas dizerem que se acham muito pecadoras, pois já cometeram muitos pecados. Costumo dizer para as pessoas o que digo para você aqui também: “Para você que se considera um pecador, existe um grande salvador: Jesus Cristo”. Você já pensou o que poderíamos fazer com um homem que ameaçava seus semelhantes, agredia, conduzia seus oponentes para a prisão e chegou a participar de crimes? Talvez você pense que este homem de quem estou falando tem características de um terrorista, por isso merece o cárcere. Pois bem, este homem é um personagem real que tem sua história registrada na Bíblia e ele se chamava Saulo, da cidade de Tarso.

Certo dia, Saulo viajava para uma região com o propósito de perseguir os cristãos por lá, e o Senhor Jesus se revelou para ele. Foi na estrada para Damasco que este homem teve o encontro mais importante de sua vida.

Outro exemplo foi o do rei Davi, que ordenou a morte de Urias, soldado a seu serviço, a fim de encobrir o pecado de adultério que havia cometido com a sua esposa Bate-Seba, mas ele reconheceu seu pecado e confessou o seu erro, e Deus o perdou. Davi sofreu as terríveis consequências de seu erro, mas foi perdoado pelo seu arrependimento sincero.

A Bíblia afirma que “o que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia” (Pv 28.13).

| Autor: José Wellington | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!