Reflexão Um amor Sem Medida


"Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores" (Romanos 5:8).

Esta é a prova real do amor de Deus pelo pecador. Em outras palavras: isto é graça. A graça é a demonstração prática do amor celestial.

Amor, para ser amor, tem que ser dispensado de maneira plena. O amor divino não é teórico, é palpável.

Em nossa mente finita, jamais conseguiremos compreender o amor de Deus em sua profundidade. As Escrituras ensinam que "Deus é amor". 1 João 4:8b.

Em essência, o Todo Poderoso é Amor. Ele ama porque é Amor, não porque somos amáveis. A característica sublime deste dom maior é dar-se a si mesmo sem esperar troca alguma. Lemos em João 3:16: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna".

O Santo se doou por uma raça caída. Deus não dispensou o seu pleno Amor por um mundo habitado por homens bons, pelo contrário, o seu Amor foi derramado por uma humanidade rebelde e cheia de justiça própria. Como podemos entender o amor de Deus? Ele está além de nossa capacidade de compreensão. O amor divino é sem medida (Jeremias 31:3)

O Amor de Deus é absoluto e incondicional. Jesus nos atraiu a Si em Seu corpo santo na cruz crucificando a nossa natureza perversa e pecaminosa, mas também nos ressuscitou juntamente com Ele, e hoje vivemos pela vida de Cristo em nós. Aleluia!

A sua Graça é a expressão perfeita deste Amor. As palavras de Watchman Nee nos ajudam a entender a diferença entre o Amor e a Graça de Deus: "Quando o Amor flui no mesmo nível, ele é simplesmente Amor. Mas quando ele flui para baixo, é Graça. Isto significa que a Graça só pode agir na absoluta fraqueza do homem. A Graça atinge somente o indigno e miserável".

A Graça aniquila toda a justiça humana e coloca por terra toda a prepotência do homem.

A Graça é a única ponte de ligação entre Deus e o pecador. H.C. Trumbull escreveu: "O caminho para o céu não atravessa uma ponte de pedágio e sim, uma ponte livre, a saber, a Graça não merecida de Deus, em Cristo Jesus".

| Autor: Claudio Morandi | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!