Reflexão Os Dois Discursos


O Discurso de Pedro (trechos)

         Pedro, porém, pondo-se em pé com os onze, levantou a voz e disse-lhes:
 
“Varões judeus e todos os que habitais em Jerusalém, seja-vos isto notório, e escutai as minhas palavras. Estes homens não estão embriagados, como vós pensais, sendo esta a terceira hora do dia. Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do meu Espírito derramarei sobre toda a carne. Varões israelitas, escutai estas palavras: A Jesus Nazareno, varão aprovado por Deus entre vós com maravilhas, prodígios e sinais, que Deus por Ele fez no meio de vós, como vós mesmos bem sabeis. A este que vos foi entregue pelo determinado conselho e presciência de Deus, tomando-o vós, o crucificastes e matastes pelas mãos de injustos. Ao qual Deus ressuscitou, soltas as ânsias da morte, pois não era possível que fosse retido por ela. Deus ressuscitou a este Jesus, do que todos nós somos testemunhas. De sorte que, exaltado pela destra de Deus e tendo recebido do Pai a promessa do Espírito Santo, derramou isto que vós agora vedes e ouvis. Saiba, pois, com certeza, toda a casa de Israel que a esse Jesus, a quem vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo”.

         Ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, varões irmãos? .

“Disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para perdão dos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo” (At 2. 14-38).
 
        Eis a simplicidade do Evangelho e sua essência.

O Discurso de hoje

         Meus amigos, minhas amigas! Vocês precisam lançar a semente. Lançar a semente é tomar uma atitude. Hoje vocês terão oportunidade de receber a Unção da Prosperidade. O desafio está lançado. A bênção existe. Está diante de vocês, mas muitos não tomam posse dela. O segredo de tudo está nestes envelopes, ungidos com óleo de Jerusalém. Nele vocês irão depositar sua semente. Assim como uma planta para crescer e dar frutos precisa ser plantada, a partir de uma semente, vocês precisam lançar a boa semente para que tenham prosperidade. A boa semente lançada numa terra fértil dará bons frutos. Simbolicamente, a terra fértil neste caso são os envelopes ungidos. Estou falando da gorda oferta que vocês depositarão aos pés do altar. Venham todos ao dízimo triplicado. Sim, essa é a visão que recebi. Levem esses envelopes e tragam cheios de semente, a semente do dízimo triplo. Quanto maior a semente, maior a recompensa. A recompensa para os que atenderem ao chamado divino será imediato: uma oração especial de meia hora para toda a família; aplausos de toda a congregação; nomes escritos em nosso jornal; privilégio de receberem meus cumprimentos cordiais. Na próxima reunião, armaremos uma barraca no palco, aliás, no púlpito. Os portadores dos envelopes da unção entrarão pela porta principal e depositarão suas sementes no GGU – Grande Gazofilácio Ungido. Peço que andem rápido para não atrasar os trabalhos. Logo após a cerimônia do recebimento dos envelopes, cada usuário receberá a Unção da Prosperidade. Nessa reunião inesquecível, falarei sobre dízimos e ofertas, com base no livro de Malaquias. Venham todos! Venham receber o envelope da prosperidade! É a sua grande oportunidade de pisar na cabeça do diabo. O diabo tentará roubar sua bênção. Não permita. Pegue seu envelope e mostre ao diabo. Aguardarei vocês na próxima reunião. Amém!


Autor: Pr Airton Evangelista da Costa


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!