Reflexão O Criador em Apuros


“Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê” – Hebreus 11:3.

Escrevemos recentemente sobre a inauguração do LHC (Grande Colisor de Hádrons), o superacelerador de partículas da Organização Européia para a Pesquisa Nuclear.

Projeto gigantesco, que contou com quase 9.000 cientistas e teve um custo aproximado de 8 bilhões de dólares.

O choque de prótons deveria ocorrer alguns meses após a sua inauguração. Os cientistas esperavam recriar as condições no Universo pouco depois do "Big Bang" e identificar novas partículas elementares, revelando dados muito importantes sobre a natureza do cosmos.

Pois é, a imensa geringonça funcionou dez dias e quebrou.   Voltará a ser ligada, provavelmente, só no segundo semestre de 2009.

Imagine!  O criador do Big Bang quebrado.  Agora, século XXI, tudo prontinho, tudo bem!  Não fará a menor diferença.  Mas, continue imaginando...

Imagine o início dos tempos...  Nada existia, tudo por fazer, muito trabalho!  Um pouco antes da grande explosão... defeito!

Defeito onde, se nada existia?  Se não há um criador, o que há para ser reparado?

Um defeito pode até ocasionar uma grande explosão, mas temos um caso diferente aqui: um defeito inibiu a tão aguardada explosão.

Um defeito no nada, vindo do nada, sem ninguém que o conserte, ocasionando a não-geração.  Por causa de um defeito, uma falha na seqüência da explosão que originou todas as coisas, coisa nenhuma teve origem: o mundo é real? nós existimos?

Que sorte!  A grande explosão (a original, não a cópia forjada do século XXI) não falhou?

Será que existia uma inteligência coordenando o processo? Alguém previu e reparou possíveis falhas?

Torna-se cada vez mais difícil acreditar em coincidências cósmicas.  Criaturas e objetos criados sem um Criador.

Seqüências perfeitas demais, sem defeitos de última hora; sem contratempos, que, por menores que fossem, simplesmente inviabilizariam a nossa existência.

“Se quiser contender com ele, nem a uma de mil coisas lhe poderá responder.  Quem fala ao sol, e este não sai, e sela as estrelas; quem sozinho estende os céus, e anda sobre os altos do mar; quem fez a Ursa, o Orion, o Sete-estrelo e as recâmaras do sul; quem faz grandes coisas, que se não podem esquadrinhar, e maravilhas que se não podem contar.” – Jó 9:3-10.

Autor: Oswaldo Chirov


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!