Reflexão E Se Não Houver Amanhã?


E o tempo, grávido de sonhos, me (nos) aguarda na estação

Por Deus, por sua imensurável graça, o tempo abriga seus segredos que procuramos desvendar a medida que vivemos. Ele nos envolve em dias, meses, anos e percorrendo caminhos tantos faz de nós quem somos. O tempo, não nos chama pelo nome, às vezes parece um ilustre desconhecido que nos surpreende com bons e maus momentos , com chegadas que desejaríamos ser eternas de tanta felicidade que nos traz. Mas o tempo e o hoje, é e daqui a pouco deixou de existir ser sem nos dá certeza do que há de vir.

”Que lei rege as horas amenas da primavera, que permite que a terra se encha de flores e faz com que no fim do ano, o fecundo Outono amadureça as frutas. ( Boécio, Consolação. Pg 6)

"Quem sabe amanhã"; dizemos na certeza de que o amanhã não falha. Fazemos planos, marcamos encontros, preenchemos nossas agendas e observando o calendário, contemplamos o futuro como se estivéssemos em uma estação de trem, com malas prontas para embarque. Nós e o tempo, um destino e um futuro que nos reserva o que sequer pensamos, no que diz o sábio pregador do livro de Eclesiastes:

“No dia da prosperidade goza do bem, mas no dia da adversidade considera: porque também Deus fez a este em oposição àquele, para que o homem nada descubra do que há de vir depois dele" Ec 8:14

E o amanhã?  Gostamos de certezas, de palavras de vitória, de terra firme, nos movemos em interrogações tantas quando por desconhecer a causa do que vivemos só nos resta interrogar. E aguardamos a restauração, no amanhã que a nenhum de nós pertence. O que nos pertence é a escolha de viver feliz e confiante, apesar de tudo, do bem ou do mal, sabendo que existe um Deus que guarda e acompanha seus filhos com Seu olhar e no Seu tempo, Ele tudo revelará e transformará. Foi isso que Ele falou a Josué, quando o conduziu em missão para a terra prometida:

“ Não te deixarei, nem te abandonarei”  Js 1:5

Confia em Deus, Senhor do amanhã e haja o que houver, acreditemos que ainda que não haja amanhã, Ele nos abrigará em Seu colo pelos dias que dedicamos a Ele, pela fé que tivemos em vida de vislumbrar o invisível que o céu esconde e que se revela em Cristo Jesus. Se hoje sofremos ou desconhecemos a causa do que vivemos, apenas confiemos, é tudo o que resta de mais seguro, mesmo que a vida e os sonhos escoem pelas nossas mãos, confiemos no Deus do amanhã, porque Ele tem o poder de transformar a vida.

As certezas, terras firme e a vitória que tanto almejamos nos aguardam em alguma chegada, ou partida que somente Deus conhece, confiemos e não desesperemos na viagem.

O profeta Miqueias viveu tempos difíceis e em meio a toda tribulação, falou:
“Eu porém, esperarei no Senhor. Esperei no Deus da minha salvação; o meu Deus me ouvirá” Mq 7:7

E esperar nesse verso corresponde a “Yaschad”, “permanecer confiante, ser paciente”

O Amanhã, o que será? Apóstolo Tiago refletiu sobre o amanhã, convidando-nos a entregar nossas dúvidas a Deus:
“Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas como a neblina que aparece por instantes e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isso ou aquilo” Tg 4:  14:15.

Na alegria: confiemos no Senhor. Na tristeza: confiemos. Ele é o que nos dá certeza de segurança, mesmo quando tudo parece desabar. Se Deus nos foi fiel quando andávamos nos montes desfrutando de “campos repletos de frutos e flores” também nos há de ser fiel mesmo quando andamos nos vales, onde a escuridão nos impede de conhecer os porquês.

Deus nos abençoe
|  Autor: Wilma Rejane  |  Divulgação: estudosgospel.Com.BR |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!