Reflexão A Cruz e a Vida, em um Momento


Ao ajuntar areia do mar com as mãos, formamos castelos. E pensar de pequeninos e coloridos grãos sozinhos não teem valor aparente, sem a reunião deles; nem castelos, nem fortalezas, nem o belo espetáculo da praia, a areia que nos permite caminhar pensativos, descalços e seguros.

Grãos são momentos. Levamos alguns momentos para dizer sim, como Simão Pedro e seu irmão André que lançavam a rede nas àguas e ao ouvirem "sigam-me", abandonaram as redes e seguiram Jesus. Essa decisão que levou fração de segundos, mudou a vida de Simão, André e de milhões por todo o mundo. Mt 4:18-20

O que dizer da mulher de Ló? Os anjos a resgataram para fora de Sodoma com toda a família. Gn 19:26. Mas, em um momento ela  tomou a decisão fatal de olhar para trás e virou estátua de sal. Toda a vida petrificou-se por causa de um gesto feito em um momento.

Em um momento, noivos  firmam compromisso de casamento e união eterna com as curtas palavras; "sim, aceito". Em fração de segundos pessoas ganham ou perdem a vida, momentos...Em um momento de raiva, as palavras faladas causam danos para toda vida. Elas não podem ser levadas de volta, apesar de nosso arrependimento ou tristeza.

Um toque, foi apenas um toque e a Mulher com Fluxo de Sangue ficou curada. Quantos segundos demorou o encontro de suas mãos com a veste de Jesus? Apenas um momento. Uma fração de segundos que lhe devolveu a vida, restituiu os doze anos de sofrimento.

Quanto tempo levamos para pronunciar "eu te amo"? Segundos, que podem mudar um Universo de coisas. Pode trazer de volta a vida, propiciar felicidade. Da mesma forma, um "eu te odeio" pode em segundos, destruir para sempre.

Nosso inimigo quer roubar nossos momentos preciosos. Distrações nos faz usar mau o tempo, mantendo-nos longe de coisas importantes. Procrastinar faz com que percamos nossos momentos para sempre. Reguemos com sabedoria e vigilância nossos momentos, a reunião deles, formam aquele castelo que falamos no inicio do texto: Um castelo que se traduz em fortaleza, lugar seguro, que abriga corações renovados pela força da fé e do amor, revelada nos momentos.

Deus nos presenteia com o tempo, somos responsáveis pela forma como gastá-los. Cada um representa uma oportunidade. Como estamos usando nossos momentos? Quem pode dizer o valor de um momento?

"Ensina-nos a contar os nossos dias, de maneira tal que alcancemos corações sábios" Sl 90:12.

Momento de molhar o dedo na água....
-Um excelente nadador tinha o costume de correr até a água e de molhar somente o dedão do pé antes de qualquer mergulho.

Uma pessoa intrigada com aquele comportamento perguntou-lhe qual a razão daquele hábito. O nadador sorriu, e respondeu:

- Há alguns anos eu era um professor de natação que ensinava a nadar e a saltar do trampolim.

Certa noite, eu não conseguia dormir, e fui até a piscina para nadar um pouco. Não acendi a luz, pois a lua brilhava através do teto de vidro do clube. Quando eu estava no trampolim, vi minha sombra na parede da frente. Com os braços abertos, minha imagem formava uma magnífica cruz. Em vez de saltar, fiquei ali parado, contemplando minha imagem. Nesse momento pensei na cruz de Jesus Cristo e em seu significado. Eu não era um cristão, mas quando criança aprendi que Jesus tinha morrido na cruz para nos salvar pelo seu precioso sangue. Naquele momento, as palavras daquele ensinamento me vieram à mente e me fizeram recordar do que eu havia aprendido sobre a morte de Jesus. Não sei quanto tempo fiquei ali parado com os braços estendidos.

E continuou relatando:
- Finalmente, desci do trampolim e fui até a escada para mergulhar na água. Desci a escada e meus pés tocaram o piso duro e liso do fundo da piscina. Haviam esvaziado a piscina e eu não tinha percebido. Tremi todo, e senti um calafrio na espinha. Se eu tivesse saltado seria meu último salto. Naquela noite a imagem da cruz na parede salvou a minha vida. Fiquei tão agradecido a Deus, que ajoelhei na beira da piscina, confessei os meus pecados e me entreguei a Ele, consciente de que foi exatamente em uma cruz que Jesus morreu para me salvar. Naquela noite, fui salvo duas vezes e, para nunca mais me esquecer, sempre que vou até piscina molho o dedão do pé antes de saltar na água...

Deus tem um plano na vida de cada um de nós e não adianta querermos apressar ou retardar os acontecimentos, pois tudo acontecerá no seu devido tempo, e esse tempo é o "Tempo de Deus", e não o nosso!

| Autor: Wilma Rejane | Divulgação: estudosgospel.Com.BR |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!