Esboço Vencendo as Perplexidades


Introdução

       Moisés manda 12 espias adentrarem à terra prometida para uma verificação estratégica.
       O relatório é extremamente pessimista da parte da maioria. Apenas 2 voltam falando bem do que viram.
       O que levou os 10 a falarem mal da terra? - A terra não era o que eles mais esperavam? Por que tanto pessimismo? Onde nasceu isto? Do que foram vítimas os 10 espias de Moisés? Que bicho os picou para que pensassem assim?
       A síndrome de perplexidade do futuro parece ser tão comum hoje quanto foi naquele tempo. Alguns ingressam na vida cristã como al-guém que comprou um ingresso para entrar na Disney World. Esperam só alegria, entretenimento, fantasia e nunca desafios, lutas e conquistas.

I. INGRESSO: QUANDO A IMAGEM FALA POR ELES

  • Na primeira entrada à terra, tiveram a impressão desejada.
  • Nomearam inclusive um lugar: Vale de Escol (vale de cacho), porque encontraram uva em cachos grandes.
  • Havia muita fruta: uvas, romãs e figos.
  • Foram precisos dois homens para carregarem um cacho de uva sobre uma verga (13.21-24).

II. REGRESSO: QUANDO A PERPLEXIDADE FALA POR ELES

  • O texto diz que eles voltaram 40 dias depois (v.25)
  • O relatório entretanto é extremamente pessimista
  • Leitura - 26-29
  • O que viram?
    monstros
    gigantes
    povos famosos pela crueldade
  • Complexo de perseguição
  • Argumento:
    A terra verdadeiramente mana leite e mel, mas...
    O povo que nela habita
    (como dizem do Brasil que não tem catástrofes, mas tem um povo...)
  • Fizeram a palavra de Deus mentirosa
  • Deus tirou-os do Egito para lhes dar um presente de grego na terra de Canaã
  • Leite e mel não é tudo!
  • Desencorajam o povo
    o povo chora (14.1-3)
    o povo quer um novo líder (v.4)
    o povo quer voltar (v.4)
  • Há pessoas que lutam anos para conseguir alguma coisa. Quando estão prestes a conseguir, desistem, perdem o prazer.
  • De onde se originou tudo isto?
    não do que realmente eles viram
    as agruras do deserto podem ter criado monstros na cabeça deles. Monotonia.
    as más conversações (1 Co 15: "As más conversações corrompem os bons constumes")
    não permita que as circunstâncias definam o teu nível de fé (Jr 17.7-8)
  • Quando me converti me disseram que eu teria paz, seria salvo, que o Espírito Santo moraria em mim, mas eu tenho lutas, desafios, passo por provas...
  • Não deixe tua cabeça criar monstros, fantasmas, gigantes. PREOCUPAÇÕES
  • A causa da saída foi
    Teocêntrica (prevalecia a promessa de Deus) - Sl 136.11-12 - e não
    Antropocêntrica (não prevalecia a condição escravagista do povo)
 

III. SUCESSO: QUANDO DEUS FALA POR ELES

  • V. 11-12 - Para Josué e Calebe a terra é um sucesso.
  • Os 2 outros espias, Josué e Calebe, trazem outra informação positiva da terra:
    temos condição de prevalecer contra ela. Somos mais fortes - 13.30
    a terra é muito boa - 14.7
    a terra será nossa se o Senhor se agradar de nós (v. 8)
    o Senhor é conosco (v.9)
  • A resposta de Deus é: 23-24
  • Fica demonstrado como Deus trata gente complicada, que se deixa influenciar pelo mal: Ele a vai deixando no meio do caminho.

CONCLUSÃO

       Jesus disse aos seus discípulos para não estarem perplexos quanto o dia de amanhã
       Desfaça os gigantes da sua mente. Veja as coisas como elas realmente são e não como a perplexidade faz com que elas se pareçam sejam na tua cabeça.
       Não se paramente de alpinista para escalar um cupim.
       "Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade porque ele tem cuidado de vós"

Autor:  Pr Walter Santos Baptista
Pastor da Igreja Batista Sião em Salvador, BA (O autor é Terapeuta de Família e de Casal)