Geralmente quando pensamos em cova, lembramos de morte, sepultura, provação. Porém devemos aprender a entender que muitas vezes Deus usa a 'cova' para nos abençoar, ensinar, prosperar, e glorificar Seu nome. Veja os efeitos positivos da cova na vida de Daniel, de José e de Jeremias...
Estamos em plena guerra espiritual, nosso inimigo é muito astuto e sagaz. É preciso conhecer esse inimigo e suas armas, só assim teremos vitórias.
Dois mil anos se passaram e ainda estamos diante desta indagação, qual o caminho a seguir? Diante das evoluções deste 'mundo novo', desta geração que hoje vive em função do prazer carnal, do relativismo devorador da fé verdadeira, qual será a resposta para esta pergunta?
Lenha e Fogo, os dois se completam, pra existir o fogo se faz necessário a lenha. Para que o fogo do espírito Santo acenda em nossas vidas, é preciso que haja atrito, provocado por nós, através de uma busca incessante.
Como neutralizar os ataques do inimigo? Faça como Ezequias, construa torres de proteção no seu casamento, em torno de seus filhos, do seu trabalho, da sua vida espiritual... 
'Que mudança maravilhosa em minha vida aconteceu quando Jesus entrou no meu coração'. Sem dúvida a maior prova do novo nascimento é uma vida transformada.
A fé que causa impacto se expressa em compaixão, amor, gentileza, ajuda, misericórdia e boas atitudes. A fé verdadeira não espera a recompensa do homem, mas de Deus!
Quando Deus decide abençoar, há perdão, cura, libertação, restituição. Como fez com Mefibosete, assim fará com você.
As mãos de Deus estão cheias e estendidas para nós, e, com grande amor, ele nos diz: filho meu, quero abençoar você. Não precisamos viver de migalhas, Deus tem muitas coisas boas para nos dar.
O Diabo nos tenta para mostrar a Deus que não somos tão dedicados a ele. Quando Deus nos prova é para envergonhar o Diabo e para mostrar o bem que há em nós.
Então, Sansão era nazireu desde o seu nascimento, sendo o primeiro nazireu mencionado na Bíblia. Juízes 16, relata a paixão de Sansão pela prostituta Dalila que descobriu seu segredo e revelou aos filisteus. Sansão perdeu sua força, foi dominado pelos filisteus e teve seus olhos arrancados.
Sansão com uma simples queixada de jumento derrota mil homens armados até os dentes, (Jz 15.15), 'E achou uma queixada fresca de um jumento, e estendeu a sua mão, e tomou-a, e feriu com ela mil homens.'