Esboço A Fé Que Causa Impacto

Efésios 2:8-10


A fé só pode ser vista quando é manifestada por meio de nossas obras. O texto que lemos nos ensina algumas verdades:
1. Fomos aceitos por Deus pela fé e isso por causa da graça de Deus.
2. A fé que nos conduziu à nossa união com Deus foi uma ação Dele próprio em nós.
3. A nossa salvação não é o produto do nosso esforço pessoal.
4. Isso tudo se deu, para que pratiquemos as boas obras que Deus já havia planejado para nós na eternidade.

Eu denomino tudo isso como “uma fé equilibrada”.

- A Bíblia ensina na carta de Paulo a Tito o seguinte: Ele nos salvou porque teve compaixão de nós, e não porque nós tivéssemos feito alguma coisa boa. Ele nos salvou por meio do Espírito Santo, que nos lavou, fazendo com que nascêssemos de novo e dando-nos uma nova vida. (Tt.3:5 NTLH)

- Nós fomos conduzidos a Deus pelo poder do Espírito Santo, por causa da misericórdia divina.

- Nós estávamos perdidos em nossos caminhos errados! Deus, em Cristo, nos deu uma nova vida.

Entretanto, Tiago nos diz que fomos a Deus para uma razão muito especial: 14 Meus irmãos, que adianta alguém dizer que tem fé se ela não vier acompanhada de ações? Será que essa fé pode salvá-lo? 17 Portanto, a fé é assim: se não vier acompanhada de ações, é coisa morta. (Tg.2:14,17 NTLH)

- Aqui temos uma grande verdade: A fé que não se manifesta por meio de boas obras, é morta e inútil.

Por que Deus planejou tudo isso desse modo?

- Para que nós nos tornemos agentes transformadores neste mundo, com o poder Divino.
- A fé é a fonte pela qual somos aceitos por Deus e não as boas obras que podemos realizar.
- No entanto, as boas obras são a forma como expressamos a realidade da aceitação divina.

No século III, Tertuliano, um dos pais da Igreja, escreveu que os cristãos levantavam fundos para ajudar viúvas, aleijados, doentes, presos, como também servia para libertar escravos. Essa atitude despertou a curiosidade de muitas pessoas importantes do Império Romano, para procurar entender a razão de tamanha generosidade. Muitas dessas pessoas se converteram ao cristianismo.

A fé que não se expressa em compaixão, amor, gentileza, ajuda, misericórdia e boas atitudes, não é fé verdadeira.
- Muitos, intelectual ou emocionalmente, podem até agir dessa maneira, mas a fé verdadeira confia somente em Cristo.

- A fé verdadeira não espera a recompensa do homem, mas de Deus!

As pessoas à nossa volta não conseguem ver a fé em nosso interior, mas elas podem ver nossas boas obras que brotam da nossa fé. Esta é a fé que realmente funciona! Jesus disse: Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus. (Mt.5:16 NVI)

- Que atitude nós estamos tomando em relação aos outros, que revelam de forma clara a presença de Deus em nossas vidas?

Muitas pessoas se encontram caídas nas sarjetas da vida e não sabem como se levantar.
- Estão machucadas e “sangrando na alma”, esperam por alguém que as ajude.

- Empobrecidas no ânimo e na fé, elas esperam por aqueles que as enriqueça com a graça e com o poder do Evangelho.

A Bíblia diz: Ser bondoso com os pobres [debilitados, extenuados, afligidos, sem recursos] é emprestar ao SENHOR, e Ele nos devolve o bem que fazemos. (Pv.19:17 NTLH)
|  Autor: Pr. Walter de Lima Filho  |  Divulgação: estudosgospel.com.br |


Receba Estudos Biblicos todos os dias!
Cadastre-se seu e-mail! É Grátis
     Digite seu Email Abaixo
Emails Cadastrados

OBS: Não esqueça de confirmar seu email em seguida!